sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Exercicios de motricidade, motricidade fina, atividade experimetal

Faço hoje o apanhado da quarta, quinta  e sexta feira desta semana.
Quarta feira fizemos movimento no exterior pois o tempo ajudou. Com muito mais espaço experimentámos correr, andar, saltar a pés juntos e ao pé coxinho. Depois do aquecimento feito, fizemos movimentos de coordenação a dois, e jogos de perícia com a bola. Para finalizar, um jogo com duas equipas. 

O lanche decorreu já passava do meio da manhã. 

No período que se seguiu fez-se o registo do exercício que mais gostaram e relaxaram em atividades de livre escolha.

No período da tarde e com a ajuda de um fio fizemos as vogais. Os mais novos ficaram por aqui e escolheram outras atividades. Os mais velhos fizeram jogos de descoberta em que com silabas de vogais e duas consoantes construiram palavras.

Na Quinta feira foi dia em que os mais velhos tiveram mais tempo para executarem os seus próprios projetos e os mais novos tiveram a presença do adulto mais tempo. Fizeram jogos de motricidade fina em que com a pinça tinham que apanhar objetos diferentes, em que tinham que enroscar uma porca no parafuso com rapidez e ainda colocar  molas num cordel. Terminámos com o jogo do estendal da matemática em que cada criança tinha que fazer a correspondência entre a quantidade de bolas da blusa à  simbologia numérica das calças.

Na sexta feira foi alterado o dia de rotina. Como no dia anterior as regras nem sempre foram tidas em conta o dia de brinquedos não se concretizou e fizeram-se atividades normais. Optei por fazer a atividade de ciência experimental.
Que acontece se juntarmos dois liquidos diferentes como a água e o azeite?
Apesar de os mais velhos já terem observado esta experiência em anos atrás, não retiveram o resultado final. As crianças destas idades interpretam o que vêm à sua maneira. Quando lhes mostrei dois líquidos de cores diferentes em que num dos frascos um era azul e amarelo e noutro era vermelho e azul. O azul ficava sempre em cima. Quando misturados mudavam de cor mas passado a agitação voltavam à posição inicial, o Miguel achou que a cor azul ficaria sempre em cima. Questionado porquê respondeu que era por ser azul. Foi para esclarecer estas duvidas que surgiu a água e o azeite. O Gonçalo Marchana relacionou então que a cor azul deveria ter azeite....

Sem comentários:

Publicar um comentário