sexta-feira, 24 de abril de 2015

Pãozinhos com chouriço para o lanche

Sexta feira dia 24 de Abril

De registar hoje uma surpresa aos meninos na sala. O Sr. Gido veio trazer-nos pãozinhos com chouriço para o lanche. Não só para nós... para o jardim todo!!!!!!!!
Obrigado˜

Eis os registos:



O dia decorreu com várias atividades, sobretudo de escolha individual. Fizeram puzlles, jogaram em grupo, construiram e representaram papeis.

quinta-feira, 23 de abril de 2015

"Agirafa que comia estrelas". Flores com amor.

Quinta feira dia 23 de Abril

Hoje o grupo foi dividido em dois para atividades diferentes, um dos grupos foi organizar as caixas  de papelão para construir a girafa que comia estrelas e o outro iniciar uma atividade de modelagem com massa de secagem rápida.

As duas atividades foram rotativas. As caixas mostraram ser insuficientes para o primeiro grupo. Não conseguiram fazer as 4 patas.

O segundo grupo teve um desempenho muito envolvente conseguindo chegar ao que tinhamos combinado cada um à sua maneira.

No final do dia todos tinham experimentado a massa e deixado algumas experiências com sentido.

 


quarta-feira, 22 de abril de 2015

Noção de par. Jogos com sapatos.

Quarta feira dia 22 de Abril

Por motivos de acompanhamento de um familiar muito próximo ao médico não estive presente no período da manhã.

Falo-vos hoje do que fizemos no período da tarde.

Nas quartas feiras temos vindo a fazer ginástica. Foi pois respeitado a programação semanal e hoje fui buscar os jogos de pares. Tentei juntar duas situações, o prazer de jogar e o conceito de par.

A atividade do dia anterior do descalçar e descalçar as meias e os sapatos ainda estava muito presente nas crianças.  Pedi-lhes para tirarem de novo os sapatos, para os colocarem em cima da mesa. 1,2,3 foi dado o inicio do jogo. Cada criança tinha que recolher o maior numero de pares de sapatos.

Podémos observar o que já era previsível, os mais novos trouxeram sapatos sem ser pares, os mais velhos reuniram pares.
Agora vamos contar os pares.
A primeira vez contaram sapatos e não pares de sapatos. Depois, a contagem surgiu de forma correta. 1 par são dois sapatos. 

O jogo que se seguiu foi mais complexo. Construiram duas equipas e um chefe em cada equipa. O chefe nomeou um elemento da equipa casa vez que iniciava um jogo. A um sinal, cada elemento corria à mesa e tirava para a equipa sapatos a pares. Ganhou a equipa que mais pares conseguiu reunir.
Foi muito interessante as táticas que cada equipa adotou para tentar ganhar.
Eis as imagens:



terça-feira, 21 de abril de 2015

E que tal aprendermos a calçar as meias sózinhos?

Terça feira dia 21 de Abril

Hoje fomos à natação. A maioria das crianças foi à água. Os mais velhos  muito descontraídos, os mais novos em vários níveis. Alguns equiparados aos mais velhos, outros a dar os primeiros passos seguros, outros ainda, agarrados aos professores. Como balanço digo que correu muito bem. Nos vestiários senti-me muito orgulhosa Os mais velhos vestiram-se sózinhos,  só revelaram alguma dificuldade a calçar as meias e os sapatos. Os mais novos ajudaram bastante mas os adultos têm que estar presentes com cada um.

A educadora não foi hoje à água e pôde tirar uma conclusão. Ë necessário que estas crianças se tornem independentes nos seus afazeres com o corpo.

Ás 2.30 fizemos ligação via skipe para o  Brasil e falámos com nosso amigo Nuno. 

A falar com o Nuno para o Brasil.( organizados para todos serem vistos num ecran pequeno)

No período da tarde descalçaram os sapatos, tiraram as meias e todos se calçaram sózinhos. Foi assim:

O Diogo é nosso convidado durante alguns dias. Participou ativamente no jogo das meias.

A Ines já é perita a enrolar as meias na mãozinha para mais fácilmente as caçar.

Ah o Pedro já calça bem os sapatos. A Carolina até dá os laços...


segunda-feira, 20 de abril de 2015

A girafa que comia estrelas. A savana, o deserto e a floresta.

Segunda feira dia 20



Hoje falámos sobre o fim de semana.
o circo deixou muita coisa para contar.
Chegou o professor de música e mudámos de assunto. A música passou a dominar.
Na segunda parte da manhã a História "A girafa que comia estrelas" foi contada. 



Descutimos depois sobre os aspetos do imaginário do autor do livro. As  personagens,  e os elementos de que se serve. Surgiu a palavra Savana e o Guilherme falou sobre o assunto. vimos na Internet o que é uma savana, uma floresta e o deserto.

Fizemos registos.